quarta-feira, 7 de Outubro de 2009

Requeijão e tomate perfumado


Tenho que confessar que desde que este blog foi criado, a responsabilidade de partilhar receitas foi quase delegada para a Ana... e que boas sugestões ela tem feito. Hoje venho com uma sugestão de uma entradinha muito fácil de fazer, e que todos os meus convidados gostam sempre muito. (infelizmente não tenho cozinhado muito ultimamente, por isso não há fotografias).

Ingredientes:
- 1 baguete francesa
- tomate (quanto mais madurinho e pequeno, melhor)
- requeijão (o de Seia fica muito bem aqui)
- oregons frescos
- queijo ralado
- alho

Preparação:
Parte-se a baguete às fatias (cerca de 5cm de altura), e coloca-as num pirex redondo ou oval (entretanto ligue o forno). corta-se o tomate às fatias e coloca-se em cima das fatias de baguete. Entretanto corta os oregons em pedaçinhos pequenos. E coloca-se em cima do tomate. Finalmente coloca-se o queijo ralado em cima das fatias de pão. Se disposer as fatias de pão num círculo na borda do pirex, ficará com um espaço no meio, onde vai colocar o requeijão. Corta o alho bem pequenino e põe em cima do requeijão. Tempera tudo com sal e rega com bastante azeite.
Vai ao forno até o queijo ralado derreter e está pronto a servir.

Muito fácil, muito bom e Bom Apetite....

Sushi tonight















Para abrir o apetite!!!

A receita chega amanha :-) PROMETO!!

terça-feira, 6 de Outubro de 2009

Tagliateli com frango e limão

Inspiração no tagliateli pollo i limone do PastaCafé. Ficou muito bom!

Ingredientes(4 pessoas):

- 2 peitos de frango
- brocolos
- 400 g tagliatelli fresco
- 2 pacotes de natas
- 1 limão


Cozi os brocolos ao vapor e à parte cozi a massa.

Parti o frango em pedaços pequenos e temperei com bastante sumo de limão e sal. Alourei numa frigideira com um pouco de azeite, quando o frango estava bem douradinho juntei as natas e depois a raspa da casca do limão. Finalmente adicionei os brocolos.

No fim é so misturar tudo com o tagliatelli!

segunda-feira, 28 de Setembro de 2009

Tarte tatin de maçã. Que maneira deliciosa de voltar à cozinha

Em noite de eleições avizinhavam-se longas horas de espera em frente ao televisor. Assim, para dar uso a uma cesta de maçãs procurei na net a receita de melhor tarte de maçã do mundo, e encontrei esta(http://caosnacozinha.wordpress.com/2009/03/23/tarte-tatin-e-o-almoco-do-dia-dos-pais/) no site da Mariana, que me pareceu perfeita, e não me enganei.
Replico aqui a receita que fiz exactamente como ela manda:

Ingredientes
> 6 maçãs (usei verdes)
> 1 pacote de massa folhada fresca
> 100 gr manteiga
> 3/4 chavena de chá de açucar

Numa frigideira (usei uma de pega amovivel) derreti a manteiga. Quando derreteu retirei do lume e tentei espalhar a manteiga por toda a superficie da frigideira. Espalhei o açucar na manteiga e cobri com as maçãs partidas em quartos e sem caroços nem a parte dura do meio.
Agora é a parte chata: volta-se a por a frigideira em lume médio e aguarda-se. A manteiga vai começar a borbulhar entre as maçãs e vai ficando progressivamente mais dourada, até que (uns 15 min depois) fica acastanhada (cor de caramelos de trincar). Aí desliga-se e cobre-se a frigideira com massa folhada, dobrando a massa para dentro do tacho mas tentando que fique mais ou menos "selada" (isto é importante para o final). Deixei no forno a 190º por 30 minutos,a massa ja estava bem douradinha e virei para um prato (entornando parte do caramelo... dejam firmes!!).


O resultado final foi delicioso. Uma bomba calórica que vale absolutamente a pena. Comemos quentinha acompanhada com champanhe e desapareceu antes que eu tivesse tempo para uma fotografia mais bonita!

Rita,agora é a tua vez!
Andamos perdidas noutros sabores mas voltamos em breve, quentinhas e boas!!

sábado, 8 de Dezembro de 2007

açorda de bacalhau


Adoro açordas! Faço todas da mesma maneira, seguindo uma receita do gastronomias.pt para açorda de camarão, mas já experimentei com peixe e bacalhau e fica igualmente deliciosa. Desta vez o bacalhau foi o eleito porque era o que havia!


Ingredientes (2 pessoas)

> 2 paes duros

> 3 dentes de alho

> 1 cebola grande

> 1 posta de bacalhau

> 2 ovos

> coentros


Cozer o bacalhau durante alguns minutos. Retirar o bacalhau e reservar a agua da cozedura

Num prato fundo colocar o pao partido em pedaços, regar generosamente com agua da cozedura, polvilhar com coentros e deixar absorver (deve ficar totalmente encharcado, se necessário ir acrescentando mais à medida que vai absorvendo)

Picar finamente o alho e a cebola e alourar lentamente em abundante azeite

Deitar o pão totalmente encharcado (deve ficar totalmente mole) no refogado alourado, deixar apurar em lume brando cerca de 30 min.

Juntar o bacalhau lascado, mexer bem e deixar ferver alguns minutos.

Apagar o lume e juntar 2 ovos inteiros. Misturar e servir.


è incrível como um prato que nasceu da necessidade de aproveitar os restos pode ser tão divinal!

Sopa de tronchuda


Nesta altura não há nada que saiba tão bem como uma boa sopa. Para mim sopa tem de ser cheia de couves, de preferencia com os caules (troços!), e com uma base leve, de preferencia de vegetais ligeiros, evitando dempre a batata. Uma sopa saudável deve conter a maior quantidade possivel de vegetais frescos.


Ingredientes

> 2 cenouras

> 1 alho frances

> 1 cebola

> 1 xuxu

> 2 grandes folhas de tronchuda

Cortei os legumes em pedaços, cobri com àgua e deixei cozer. Juntei apenas um pouco de sal.

Quando cozidos, triturei com a varinha

Em seguida parti a tronchuda em pedaços pequenos aproveitando todo o caule, acrescentei azeite e deixei cozer bem (só junto o azeite quase no final porque o azeite fervido perde ligações insaturadas, tornando-se numa gordura menos saudável)
Uma verdadeira bomba vitamínica e de fibras (caules extremamente ricos) , e com poucas calorias!